Blogue

Encontro “A Economia Social Solidária e a Formação de Formadores”

No dia 6 de junho a APDES organizou, com o apoio da Livraria Gato Vadio, o primeiro evento disseminador do projeto europeu  SSEVET2 – Strenghthening VET Trainers’ Competences and Skills  , financiado pelo programa Erasmus+ da Comissão Europeia.

Este projeto pretende contribuir para a afirmação da Economia Social Solidária (ESS) na Europa. Especificamente, após um primeiro projeto voltado para programas de Formação Profissional Inicial inovadores, foi detetada a necessidade de promoção da ESS nos currículos de Formação de Formadores. A capacitação de formadores surge aqui como um fator estratégico num processo para uma formação abrangente e inclusiva das novas gerações e dos profissionais já no ativo, integrando modelos socioeconómicos alternativos e competências inovadoras que acreditamos que a ESS estimula, em questões como a Natureza, o futuro do trabalho, o desenvolvimento local e a responsabilidade social.

Para além da apresentação do projeto, foi apresentado o produto “ Mapeamento das competências de formadores e programas de formação na área da Economia Social Solidária  ” desenvolvido nos primeiro meses do projeto. Para comentar este documento estiveram presentes no evento Sara Moreira (Dimmons, IN3, UOC/Instituto de Sociologia, UP) e Cristina Parente (Instituto Sociologia UP, FLUP, Rede Portuguesa de Economia Solidária). Este foi o primeiro produto num total de quatro produtos a desenvolver: formação-ação para formação de formadores integrantes os princípios da ESS, Plano de Ação para a afirmação da ESS no currículo de formadores e ferramentas multimédia para comunicação e disseminação dos resultados do projeto.

O evento contou com 21 participantes de áreas diversas da formação e da ESS, nomeadamente agroecologia, academia, IPSS e centros de formação, propiciando um enriquecedor debate entre os participantes tendo em vista a criação de uma zona de experimentação local na cidade do Porto, integrada na formação de formadores a decorrer no primeiro semestre de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *