Blogue

Exposição de Fotografia no Entroncamento

“A Máquina Do Mundo”

Sinopse

Das tantas palavras que uma imagem denuncia, eis porque o desenho do olhar impresso, outrora riscado e decalcado, pode em si contar uma história. Imaginemos várias imagens e suas histórias a acontecerem; como na carruagem do comboio, de estação em estação, a viagem acontece de um ponto ao outro, de partida e de chegada. Depois, qual tecelão que passando o fio faz novo caminho, eis que percebe do achamento e resolve seu pano pronto.

“Máquina do Mundo” é a fotografia apalavrada de Ana Rita que convida os Amigos para juntos contarem da memória coletiva. Foi resgatada e, do impacto do território na viajante e seu processo transformador, nasce a narrativa: desde a nascente – do vulcão, na Ilha do Fogo/Mosteiros e do comboio, no Entroncamento – até ao vislumbre do advir.

Gosta da expressão do filme “Avatar” – “Eu vejo-te”- e é assim que cumprimenta todos aqueles que aqui recebe.

ana rita_@π (Criativa e Curadora)

mAIS Notícias AO LONGO DESTE MÊS

6 de outubro 2018 – dia de Inauguração às 16h00, 
nhos experiência de 
fotografia, pintura, poesia, economia, gastronomia, música
no âmbito do Protocolo de Geminação Mosteiros – Entroncamento 

Ver: Sondagem para Kátxupa! (Prova, limitada à capacidade de confecção) com a colaboração da Casa de Pessoal da CME e cozinheiros de Mosteiros vive na Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *